Passe livre Estudantil

Confira as informações sobre o seu cartão

2ª via do cartão liberar cartão

Sobre o seu cartão

CARTÃO ESTUDANTIL DO TRANSPORTE PÚBLICO DO DF

O cartão Estudantil é um benefício concedido aos alunos das escolas públicas e privadas de Brasília que permite aos estudantes o deslocamento 100% gratuito no Sistema de Transporte Público do Distrito Federal.

REQUISITOS PARA OBTER O CARTÃO ESTUDANTIL

O aluno precisa estar matriculado em instituição de ensino do Distrito Federal reconhecida e residir ou trabalhar a mais de 1 quilômetro desta instituição. Veja quais cursos dão direito ao benefício:

  • Ensino básico, fundamental ou médio da rede pública ou privada; ou

  • Ser universitário de instituição de ensino superior com curso reconhecido pelo MEC; ou

  • Curso profissionalizante da rede pública, reconhecido pela Secretaria de Educação do Distrito Federal ou pelo MEC, com carga horária igual ou superior a 200 horas; ou

  • Curso de línguas estrangeiras da rede pública de ensino e reconhecido pela secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal ou pelo Ministério de Educação, como por exemplo o CIL – Centro Interescolar de Línguas.

RECEBIMENTO DO CARTÃO

Quando o seu cadastro for analisado, você receberá um e-mail com informações. Caso falte algum documento, você terá a opção de incluí-los na página de acompanhamento do seu processo. Fique atento! Acompanhe o andamento no seu e-mail ou no site do Passe Livre Estudantil ,em seu acesso exclusivo, para saber onde será agendada a entrega do seu cartão.

USO DO CARTÃO ESTUDANTIL

São permitidos até quatro acessos diários e no máximo 54 no mês. Caso o aluno necessite de mais acessos, terá que solicitá-lo por meio do site mobilidade.brb.com.br/passelivre,  utilizando o serviço: "Extensão de Acesso". Se aprovado, conforme documentos apresentados, o mesmo será informado por e-mail.

Não é  permitido o uso do cartão para outras atividades que não a ida e vinda da  escola. O uso em finais de semana, por exemplo, só é permitido se houver  aulas nestes dias, então, neste caso, é necessário constar na declaração da  instituição de ensino.

Vale  lembrar que não é permitido o empréstimo do cartão, visto que é de uso  pessoal e intransferível. A frota de ônibus possui câmeras com sistema  de biometria para monitoramento do uso adequado, de forma a garantir o acesso  somente pelo estudante titular do cartão.

Para  garantir o benefício do seu Cartão Estudantil, a instituição de ensino deve  informar ao início de cada semestre o período letivo, além de comprovar a  matrícula e presença escolar mensalmente, enviando lista de frequência.

IMPORTANTE!
Para garantir o funcionamento do Cartão Estudantil é recomendado que não seja exposto ao sol ou calor, não seja amassado, quebrado ou perfurado.

2ª VIA DO CARTÃO ESTUDANTIL

A  2ª via do cartão estudantil pode ser emitida por meio do serviço:  "2ª Via", no site, juntamente com anexo do comprovante de pagamento da taxa.

Em caso de perda, furto ou roubo, é muito importante realizar o bloqueio do cartão imediatamente. Em seguida, o estudante pode realizar a solicitação da segunda via, devendo anexar o boletim de ocorrência. Após a validação da solicitação, você receberá um e-mail indicando a data e o local para retirar o cartão.

O pagamento da segunda via deve ser realizada por meio de depósito identificado na Conta Corrente nº 027-049239-9, em nome do BRB ou ainda via Pix em postos BRB Mobilidade específicos.

O valor da taxa é R$ 5,40 e o depósito identificado pode ser realizado tanto nas agências bancárias do BRB, quanto nas unidades BRB Conveniência.

O prazo para o fornecimento é de até 10 dias úteis, a partir da aprovação do cadastro e da solicitação.

FIQUE ATENTO!
No início de cada semestre, o estudante deverá apresentar o cartão por duas vezes no validador para acessar o transporte público.

Na primeira apresentação são transferidas ao cartão as informações de liberação do benefício. Na segunda, será liberado o acesso à catraca do transporte. 

Muitas reclamações sobre não liberação do acesso estudantil no início dos semestres estão relacionadas diretamente ao procedimento acima exposto, ou seja, o estudante não realiza o procedimento indicado.